Cartilha Céu Vivo - Preserve o balé dos periquitos-de-asa-branca

Imprimir

Em 2019, a Sema criou o Grupo de Trabalho (GT) para tratar sobre a temática, visando o estabelecimento de estratégicas para proteção da espécie Brotogeris versicolurus – nome científico da ave –, que divide espaço entre os prédios, carros e árvores da Avenida.

Participam do grupo o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), a Comissão de Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Caama/Aleam) a Wildlife Conservation Society (WCS), Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e outras instituições, além de condôminos da Avenida Efigênio Salles.

A proteção dos periquitos-de-asa-branca ganhou repercussão após centenas de indivíduos da espécie morrerem em decorrência de um atropelamento em 2014. Entretanto, todos os anos, o problema pode se repetir durante a tradicional queima de fogos de fim de ano. No caso dos pássaros, muitos se acidentam na tentativa de se proteger do estrondo, que também pode causar danos irreversíveis para a saúde de cães e gatos domésticos.

É uma comemoração para os humanos, mas um martírio para os animais que pode ser evitado com uma boa escolha: comemorar sem fogos, celebrando e protegendo todos os tipos de vida.

Na oportunidade, a Sema lança a Campanha Céu Vivo, com mais informações sobre a espécie e a responsabilidade de todos pela sua proteção.

ACESSE A PÁGINA DA CAMPANHA: http://meioambiente.am.gov.br/clique-para-fazer-download-campanha-ceu-vivo-preserve-o-bale-dos-periquitos-de-asa-branca

 

Acessos: 348