“Como todos empresários brasileiros, estamos acostumados a fazer planejamentos estratégicos de curto a médio prazo – de seis meses a um ano - ao final de cada ano e, assim, desenvolvemos estratégias para 2020. Com a chegada da pandemia em fevereiro, houve a necessidade de replanejar e, talvez, o termo mais correto seja REINVENTAR estratégias. As primeiras grandes dúvidas: como vai ser toda a situação, e as incertezas do momento, empregos, relação com clientes, pagar contas ou não, vamos continuar funcionando?

“Sempre trabalhei com análise de dados em Ecologia e Biologia Evolutiva. Com a chegada da pandemia, comecei a participar de um grupo interdisciplinar da UFG montado para auxiliar a gestão pública e a tomada de decisão a partir de modelos computacionais para tentar entender a expansão da COVID-19 no estado de Goiás, sob diferentes cenários.

“Sempre trabalhamos com análises genômicas. Na área clínica, atuamos com diversas tecnologias relacionadas aos exames necessários para o diagnóstico de doenças ou condições, principalmente o sequenciamento de genes, painéis de genes e exomas. Há dois anos, atuamos também em informes genéticos direto ao consumidor para prevenção de doenças, farmacogenética, nutrigenética, fitness, entre outras finalidades.

Página 9 de 13