Notícias

20 DE MARÇO - DIA DOS SAPOS - World Frog Day

A foto acima merece explicação. Trata-se de um sapo Adelphobates galactonotus, da família dos dendrobatídeos (Dendrobatidae), uma espécie endêmica que pode ser encontrada ao sul do rio Amazonas, do rio Tapajós a leste até o delta do Amazonas, nos estados do Pará, Tocantins e Maranhão, e que está ameaçada de extinção pela destruição de seus habitats naturais.

Tem gente que tem medo, nojo, repugnância de sapos. Mas sabia que estes animais são tão importantes que eles até têm um dia especial para eles? É o Dia Mundial dos Sapos! o World Frog Day. Mas por que os sapos são assim, tão especiais?

20 de março Dia Mundial dos Sapos – e quero aproveitar para explicar o porquê de um dia assim… Claro, tem a ver com a proteção das espécies de sapos mas… por que?

O Dia Mundial dos Sapos foi criado com o objetivo de proteger e obter apoio para a conservação das espécies de sapos no mundo inteiro, explica Fábio Paschoal, que é apaixonado por eles. E explica bem!

Sapos têm tudo a ver com a vida no micro e no macro – existem sapos de lagoa, sapos de árvore, sapos de seco (desde que, em alguma época, o ambiente tenha água suficiente para os girinos se criarem).

Sapos comem mosquitos, moscas e todo tipo de insetos que lhes caibam nas bocas e, são seus predadores naturais mais eficientes – assim ajudam no controle de vetores importantes na disseminação de doenças humanas que são problema de saúde pública como a dengue, o chikunguya, a malária, a febre amarela, o zika e tantas outras enfermidades tropicais epidêmicas nas condições atuais.

Sapos são anfíbios (bichos que vivem tanto na terra quanto na água) que funcionam como importantes indicadores ambientais da saúde dos ecossistemas que habitam.

Indicadores ambientais?

Claro, pois sapos são extremamente sensíveis ao equilíbrio bioquímico das águas, principalmente. Sapos respiram pela pele, um órgão auxiliar aos pulmões, que têm uma composição tal capaz de impedir ataque de bactérias, fungos e predadores – existem sapos muito venenosos, tóxicos mesmo.

Sapos também produzem substâncias que podem ser usadas como analgésicos, cicatrizantes e fungicidas em uma variedade grande de doenças humanas – portanto, sapos são um laboratório vivo que a natureza nos dá. E o laboratório precisa ser preservado, é claro.

Fonte: https://www.greenme.com.br/informarse/animais/5161-a-importancia-mundial-dos-sapos/

_____________________

Foto: Green Me

#CRBio06 #Biologia #Biologos #Acre #Amapa #Amazonas #Para #Rondonia #Roraima #Amazonia #RegiaoNorte #Sustentabilidade #MeioAmbiente #Biodiversidade #Anfibios #Sapos #DiaMundialDoSapo #WorldFrogDay

Comissão da Transparência CRBio-06 / Assessoria de Comunicação e Imprensa

Coordenador: Marcelo Ferronato

Publicado em: 20/03/2020