Notícias

Curso de Gerenciamento de Áreas Contaminadas em Belém/PA


























Objetivo: Capacitar os profissionais para atuarem no gerenciamento e remediação de áreas contaminadas, através da apresentação dos processos e técnicas de remediação de áreas contaminadas; dos processos de identificação de áreas com potencial de contaminação, suspeitas de contaminação e áreas contaminadas; das técnicas de amostragem, mapeamento da contaminação, avaliação e validação de dados ambientais.

Público Alvo: Profissionais, Estudantes e Pesquisadores que atuam ou pretendem atuar na área ambiental e desejam obter conhecimento sobre as técnicas de gerenciamento de áreas contaminadas; Consultores Ambientais.

Carga Horária: 20 Horas/aula

Conteúdo Programático:
  • Aspectos Legais:
    • Política Nacional do Meio Ambiente; Resolução CONAMA nº 420/2009; Lei nº 13577/2009; Remediação e Princípios da reparação integral do dano; Dano ambiental e Responsabilidade no âmbito Civil, Penal e Administrativo.
  • Etapas do Gerenciamento de Áreas Contaminadas
  • Processo de Identificação de Áreas Contaminadas:
    • Avaliação preliminar: coleta de dados; estudo histórico; estudo sobre o meio físico; inspeção de reconhecimento da área; caracterização da área e entorno; ficha técnica; relatório técnico;
    • Avaliação Confirmatória: Termos e definições; Etapas de investigação; Sondagem e instalação de poços; Amostragem de solo e água subterrânea; Análise química; Tipo de contaminantes e valores orientadores; Interpretação de dados; Relatório Técnico.
  • Processo de Recuperação de Áreas Contaminadas:
    • Avaliação Detalhada: Consolidação das Informações existentes; Levantamento de informações adicionais; Plano de Investigação; Mapeamento da contaminação; Estimativa do volume de solo e água subterrânea impactados; Evolução da pluma; Controle de Qualidade; Comportamento da Contaminação; Modelo Conceitual; Análise e interpretação dos dados; Relatório Técnico;
  • Considerações sobre Análise de risco: Coleta e avaliação de dados; Avaliação da exposição; Caracterização do risco; Análise da toxicidade.
  • Técnicas de Remediação: Sistemas de Extração de vapores (soil vapor extraction); Sistema de Air Sparing; Processos Oxidativos Avançados (POA); Sistema de Extração Multifásica (MPE); Atenuação Natural Monitorada; Barreiras Reativas, Barreiras Hidráulicas; Sistema de bombeamento (pump and treat); Remoção e disposição de solo.
  • Monitoramento Ambiental:
    • Fatores que influenciam a amostragem de água subterrânea;
    • Purga de poços de monitoramento;
    • Equipamentos para amostragem de água subterrânea;
    • Medições "in situ" e filtragem em campo;
    • Armazenamento e conservação das amostras;
    • Amostras controle de qualidade;
    • Documentação de amostragem de água subterrânea.